Buscar
  • Thiago Guimarães

VOCÊ ESTÁ SE BOICOTANDO

Atualizado: Ago 29


O medo da mudança, da nova vida e de tudo dar certo é tão grande que a pessoa acaba jogando tudo para cima e volta para a estaca zero Sucesso no trabalho, viver um grande amor, ter paz e tranquilidade na vida é o sonho de todo mundo. Passamos a vida toda correndo atrás das nossas metas. Porém, muitas pessoas fazem de tudo para alcançar o que querem e quando estão quase se apavoram e acabam estragando tudo! O medo da mudança, da nova vida e de tudo dar certo é tão grande que a pessoa acaba jogando tudo para cima e volta para a estaca zero. Com isso, o coração se enche de frustração. Vejo inúmeros casos de pessoas que passam uma vida procurando um grande amor e quando encontram uma pessoa bacana para ter um relacionamento começam a fantasiar motivos para brigas, discussões e acabam desgastando a relação até conseguir acabar com tudo.


São vários os concurseiros que se preparam arduamente para uma prova muito importante, que pode mudar o rumo da vida, e no dia do exame perdem a hora e são impedidos de entrar. Um número grande de pessoas que conseguem emagrecer e voltam a engordar tudo de novo. O nome disso é auto boicote e são comportamentos inconscientes, ou seja, que fazemos sem querer e sem pensar, praticamente de forma automática, mas que atrasam toda a nossa vida.


Por que nos boicotamos? Geralmente isso acontece com quem não acredita em si mesmo e não se acha digno de merecimento das coisas boas da vida. Essa certeza está tão enraizada no inconsciente que a própria pessoa dá um jeito de armar um plano contra si mesmo, sem saber o que está fazendo. Essa crença de desvalorização de si mesmo na grande maioria dos casos é plantada na nossa mente lá na infância, onde começa a formação da nossa personalidade e também nascem os medos e os traumas. Em alguns casos o medo e a certeza de não merecimento é tão grande que a pessoa prefere não arriscar nada, fica parada na vida e acaba cheia de frustrações e amargura vivendo uma vida totalmente sem sentido e infeliz.


Como acabar com isso? É preciso observar e refletir sobre o que você está fazendo e como está levando a sua vida. Preste atenção no seu comportamento. Se você se identificou com algum dos exemplos desse texto é sinal de que você está precisando de ajuda. O primeiro passo é tomar consciência do que você está fazendo com você mesmo e assim conseguir mudar a forma de agir. Se for preciso, busque ajuda de um psicoterapeuta. Um profissional pode te ajudar a enxergar os gatilhos do auto boicote e, assim, dar um novo rumo a sua vida para que você consiga alcançar seus objetivos.


Não se abandone, cuide de você e seja feliz. Todos nós merecemos uma vida feliz com todas as conquistas que podemos imaginar. O escritor Napoleon Hill disse que “tudo o que a mente humana pode conceber, ela pode conquistar”. Eu acredito nele. E você?


THIAGO GUIMARÃES

Psicoterapeuta Junguiano e pós-granduando em Neurociência e Comportamento pela Pontifícia Universidade Católica (PUC). Também é autor do livro "O Segredo da Mulher Maravilha". Atende crianças, adolescentes, adultos e casais. Palestrante, ministra cursos, workshops e escreve sobre relacionamento, comportamento e bem-estar. É colaborador de programas de televisão, jornais e revistas de circulação nacional.

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo