Atendimentos
a distância

Entre em contato para fazer o pagamento da sua consulta. Após o pagamento concluído envie o comprovante pelo Whatsapp: (17) 98160.0251 

Como funciona o jogo
de Tarô?

Hoje em dia, a cada dia que passa, percebo cada vez mais o interesse das pessoas pelo tarô, um dos oráculos mais populares no mundo. Geralmente o cliente chega em busca de previsão de futuro, mas ao longo da consulta acaba percebendo que as cartas do tarô têm um poder muito maior do que simplesmente dizer o que vai acontecer lá na frente.

 

Apesar de ainda ser muito usado como instrumento de sortilégio, o tarô oferece um estudo de si próprio como ferramenta para o autoconhecimento.

Essa forma de usar o tarô como instrumento de autoconhecimento foi objeto de estudo de Carl Gustav Jung, médico psiquiatra e criador da psicoterapia analítica. Um gênio que percebeu que as imagens arquetípicas do tarô estavam ligadas com o nosso inconsciente. Em seguida, na década de 80, um grupo de psicólogos americanos desafiou as linhas mais ortodoxas da profissão, dando início de maneira muito reservada a uma pesquisa que incluía o uso do tarô no tratamento de pacientes.

 

A pesquisa consistia em estimular nos pacientes a escolher uma carta aleatória e, junto com o profissional, fazer uma livre interpretação. A proposta por trás dessa escolha era que houvesse uma conexão inconsciente entre a imagem da carta escolhida e conteúdos reprimidos nos clientes. A experiência foi muito bem-sucedida, sendo possível traçar um perfil muito mais profundo sobre os pacientes e suas histórias.

Desde então, a aplicação terapêutica do tarô se aprimorou e expandiu em outras modalidades. O uso do tarô por terapeutas continuou a ser empregado por muitos profissionais que acreditam que seus símbolos podem ser importantes veículos de comunicação entre o consciente e o inconsciente humano; assim a imagem de cada carta do tarô é capaz de carregar e exteriorizar conteúdos até então escondidos na psique dos próprios pacientes.

Imagine que você está em uma floresta escura e desconhecida. Até consegue reconhecer parte do cenário que lhe cerca, porém não consegue encontrar o atalho que leva a um território seguro. O Tarô funciona aqui como um mapa da floresta, uma fotografia aérea do momento e do local no qual você se encontra. Dessa forma, oferece mais informações para a compreensão dos conflitos, propicia decisões mais conscientes e antecipa os cenários que virão logo à diante. Na minha abordagem terapêutica, as previsões ficam em segundo plano, dando a prioridade para os esclarecimentos. A consulta se transforma em um exercício de ampliação da consciência. A partir dos elementos presentes em cada carta, você reflete sobre os padrões emocionais, expectativas e negligências. Aprende a medir os danos causados pelo medo e pela ansiedade. Entende sobre a verdadeira função dos outros em sua vida, e vice-versa.

As cartas do tarô também são usadas hoje em dia para a indicação de essências florais, que trabalham as emoções. Desse modo é possível utiliza-lo para identificar o momento psicoemocional em que a pessoa se encontra e, através dessa identificação, elaborar a receita floral adequada. Também pode ser usado na meditação e na interpretação de sonhos.

O tarô tem ainda um longo caminho de evolução pela frente: hoje já vemos essa arte como algo mais que um simples oráculo, mas sim como um meio de enxergarmos o futuro, relembrarmos o passado e unir ambos em um autoconhecimento presente.

Como é feito o atendimento?

As consultas por Skype são indicadas para quem não tem condições de realizá-las pessoalmente. É importante lembrar: agende a sua consulta em um dia e horário que você esteja sem nenhum outro compromisso para que você possa aproveitar melhor a sua consulta.

Os atendimentos com o Tarô é feito em duas fases. Primeiro é feita a interpretação das 10 primeiras cartas escolhidas, que vão mostrar os principais assuntos. A segunda fase é livre para que você faça suas perguntas. 

As consultas têm 1 hora de duração. Ao final, são prescritos Florais de Bach – essências vibracionais que auxiliam a harmonizar padrões emocionais distorcidos. Os clientes também podem contar com acompanhamento psicoterápico posterior (opcional), com análise de orientação junguiana.

17 98160.0251

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram